fbpx

Recuperação do Pós Parto no Pré Parto


O Bebe Sabe Nascer Nutricionista Sara Romeiro

Diariamente, oiço mulheres a queixarem-se que nunca mais recuperaram o peso que tinham após terem sido mães. Umas queixam-se de várias quilos a mais; outras têm apenas aqueles 2 quilinhos que nunca mais saem, por mais que tenham cuidado com a alimentação. 

Para evitar que isto aconteça, convêm planear a recuperação do pós parto:

1. Planear a gravidez

Planeando a gravidez, pode avaliar o peso com que está e, se estiver com excesso de peso, é a altura certa para fazer dieta. Pensar que vai engordar de qualquer maneira e que não vale a pena, é errado e, provavelmente, vai arrepender-se depois. Se tiver dificuldade, procure ajuda profissional.

2. Não usar desculpas

Depois de engravidar não use desculpas como “tenho de comer por dois”. Não tem de comer por dois, mas sim para dois, onde o segundo ser é bem mais pequeno.

O #gravidapode não funciona no que toca à alimentação. A grávida pode e deve alimentar-se bem, com alimentos ricos nutricionalmente e que proporcionem ao bebé um desenvolvimento saudável.

3. Fazer exercício físico

A prática de exercício físico deve ser aplicada logo no primeiro ponto. Idealmente, é fazer uma actividade física regular e que esta continue durante a gravidez, ajustando à condição.

As mães que nunca praticaram actividade física, podem começar por fazer umas caminhadas e procurar um profissional do exercício para as acompanhar até ao final da gravidez.

4. Planear o primeiro mês de pós parto

O terceiro trimestre é onde a mãe prepara tudo para o nascimento do bebé (a mala da maternidade, as roupas, o quarto, etc). Também é a altura ideal para planear as refeições para o primeiro mês do pós parto.

Neste primeiro mês, a última coisa que vai querer é estar na cozinha. Não vai ter tempo, nem  vontade e vai acabar por se deixar para último. Isto leva a muitas mães a comer qualquer coisa que apareça que, por norma, não é o aconselhável.

Assim, ao deixar tudo pronto (refeições congeladas ou encomendas ou “cravadas” aos pais/sogros), ganha tempo para o seu bebé e alimenta-se bem.

5. Regressar ao exercício

Quando o médico der o OK, regressar ao exercício físico.

6. Ser paciente

Também é importante ter paciência e não quer voltar ao peso normal assim que sair da maternidade. Foram 9 meses em que o corpo esteve a adaptar-se a um novo ser. Temos de respeitá-lo e dar tempo para ele voltar ao que era (por vezes até melhor).


Sem comentários

Deixe um comentário

Anterior Próximo